(Imagem retirada do site Pixabay)

A poluição urbana é um problema de todo o mundo que vem crescendo desde seu princípio, na revolução industrial na Inglaterra do século XIX. Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), 92% da população mundial vive em lugares em que a qualidade do ar está fora dos padrões. Além de prejudicar a respiração, a poluição do ar também faz mal a biodiversidade, diminuindo gradativamente a camada de ozônio (que protege a terra da emissão de raios ultravioletas) e acelerando o efeito estufa (relacionado ao aquecimento da Terra em suas condições ideias para a sobrevivência humana).

(Imagem retirada do site Pixabay)

De acordo com dados da OMS de 2016, diferente do que muitos podem imaginar, a cidade mais poluída do brasil é Santa Gertrudes (SP). Segundo dados do Ministério da Saúde, as mortes causadas pela poluição aumentaram 14% em dez anos, de 38.782 em 2006 para 44.228 mortes em 2016, de acordo com o estudo Saúde Brasil de 2018. 

(Imagem retirada do site https://www.huffpostbrasil.com)

Uma boa maneira de evitar a poluição do ar causada pela queima de combustíveis fósseis, é trocar ou diminuir o uso do carro pelo de bicicleta. Na Holanda 9 entre 10 pessoas utilizam a bicicleta como meio de transporte, segundo pesquisa da Webtudo. No Brasil a quantidade de pessoas que passou a utilizar a bicicleta como meio de transporte principal  no estado de São Paulo cresceu 24% desde 2007 (pesquisa realizada por Origem e Destino, divulgada pelo Metrô de São Paulo) e a malha cicloviária das capitais apresenta um aumento significativo de 133%, somando 3 mil km ao longo de todo o Brasil no levantamento feito pela GloboNews. 

(Imagem retirada do site Pixabay)

A bicicleta, além de causar benefícios para o meio ambiente, tais como a emissão zero de CO2, poluente emitido pelos carros,(os maiores emissores do gás) traz inúmeras vantagens para a saúde como:

  • Ajuda a controlar ou reduzir o peso, mantendo uma boa forma;
  • Previne doenças cardiovasculares estimulando a circulação sanguínea pela movimentação das panturrilhas que ajudam a “bombear” o sangue de volta para o coração;
  • Contribui para a saúde das articulações, ajudando na recuperação de lesões ósseas e prevenindo doenças como artrite e a osteoporose;
  •  Impacta em doenças como depressão, ansiedade e reduz o estresse, favorecendo os níveis de endorfina, importante contra o mau-humor;
  • Além disso a bicicleta melhora a coordenação motora e estimula o equilíbrio.
(Imagem retirada do site Pixabay)

Além da prática do ciclismo existem outras maneiras de ajudar o meio ambiente na hora de se locomover para evitar a poluição de mais um carro, como  caronas, transporte público, aluguel de patinetes de aplicativo ou até mesmo ir a pé caso seja algum lugar próximo. Agora ficou mais fácil entender o porquê trocar a queima de combustíveis pela queima de calorias. Pegue sua bicicleta e vamos passear. 

(Imagem retirada do site Freepik)
(Visited 47 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *