O quanto é desperdiçado

(Imagem retirada do site https://jovempan.com.br)

O desperdício de alimentos é um problema mundial. De acordo com uma pesquisa feita pela FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), são jogados fora 1,3 bilhão de toneladas de alimentos por ano. Ainda que o Brasil já tenha saído do mapa da miséria, a família brasileira desperdiça aproximadamente 130 quilos de comida por ano, 41,6 quilos por pessoa, segundo pesquisa feita pela Embrapa, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. 

Tal fato pode ser explicado pela cultura da abundância, que representa além de cuidado com a família, principalmente status. É relacionada com o pensamento “melhor sobrar do que faltar”, que vem crescendo ao longo dos anos e, segundo a mesma pesquisa, mais de 13 milhões de pessoas poderiam ser alimentadas com os alimentos jogados fora anualmente.Compras mensais contribuem para esse mau hábito, fazendo com que as pessoas comprem alimentos desnecessários e eles acabem apodrecendo ou passando do prazo de validade. 

ODS 02 Acabando com a fome

ODS2
(Imagem retirada do site https://nacoesunidas.org/)

No mundo, segundo a FAO, cerca de 821 milhões de pessoas passaram fome no ano de 2018. Segundo o site da ONU, um em cada nove indivíduos ainda é subnutrido, dificultando o cumprimento de todas as ODS no tempo previsto. As ODS são os Objetivos do Desenvolvimento sustentável propostos pela ONU em 2015 que deverão ser cumpridos até 2030. No total são 17 objetivos, sendo o segundo deles acabar com a fome, alcançar segurança alimentar, melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável. 

Cidades que abraçam a causa

(Imagem retirada do site https://cienciainformativa.com.br)

Na cidade de Campinas, interior do estado de São Paulo, foi feito um projeto da prefeitura em parceria com o Ceasa, (Centrais de Abastecimento de Campinas S/A) com os alimentos que seriam desperdiçados serem destinados às escolas municipais para a merenda. Segundo dados da própria prefeitura, o programa beneficia mais de 32 mil pessoas com os alimentos aproveitados. O prefeito de Curitiba também em parceria com o Ceasa da região propôs intensificar o projeto Mesa solidária, além do projeto Banco de alimentos, que atende cerca de 48 mil pessoas em todo o Paraná, ambos com a intenção de reduzir o desperdício.

Cinco maneiras para reduzir o desperdício de alimentos em casa

1- Fazer compras pequenas várias vezes ao mês, para evitar a compra de comidas em excesso;

(Imagem retirada do site https://br.freepik.com/)

2- Aproveitar o resto das comidas do dia anterior, podendo até se transformar em um prato diferente, por exemplo um arroz colorido;

(Imagem retirada do site Pixabay)

3- Opte por guardar comidas em potes transparentes ou escreva em etiquetas adesivas nos potes na geladeira, para saber o que está guardado em cada um;

(Imagem retirada do site Freepik)

4-Várias comidas tem baixa resistência ao calor ou mesmo na geladeira não duram muito tempo, por isso, congele essas comidas para que você possa comer em um outro momento.;

(Imagem retirada do site Pixabay)

5- Ao ir em algum restaurante, sempre coloque no prato aquilo que você tem total certeza que vai comer, ou pergunte se não têm a possibilidade de comer meia porção, quando pedir a comida. 

(Imagem retirada do site Pixabay)

Comece adote hoje mesmo esses hábitos e comece o quanto antes a se conscientizar. O planeta precisa de você!

(Visited 82 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *